O manual abrange todos os equipamentos (padrao e opcionais) disponiveis para esses modelos

Toyota RAV4 - Manual de Instruções > Reboque de atrelado

Para a Arménia, Azerbaijão, Bósnia-Herzegovina, Geórgia, Cazaquistão, Macedónia, Montenegro, Sérvia e Turquemenistão

A Toyota não recomenda que reboque um atrelado com o seu veículo.

A Toyota também não recomenda a instalação de um engate para reboque nem um gancho de reboque com suporte para cadeiras de rodas, scooters, bicicletas, etc.. O seu veículo não foi concebido para efetuar reboque de atrelados nem para utilizar ganchos de reboque com instalação de suportes.

Antes de conduzir

Exceto para a Arménia, Azerbaijão, Bósnia-Herzegovina, Geórgia, Cazaquistão, Macedónia, Montenegro, Sérvia e Turquemenistão

O seu veículo foi essencialmente concebido como um veículo de transporte de passageiros. Rebocar um atrelado terá um efeito adverso no manuseamento, desempenho, travagem, duração e economia de combustível. A sua segurança e satisfação dependem do uso adequado do equipamento certo e de hábitos cautelosos de condução. Para a sua segurança e segurança dos outros, não sobrecarregue o veículo ou atrelado.

Para efetuar o reboque com segurança, tenha extrema cautela e conduza o veículo em conformidade com as características do atrelado e as condições de funcionamento.

As garantias da Toyota não se aplicam a danos ou avarias causados pelo reboque de um atrelado destinado a fins comerciais.

Contacte o seu concessionário Toyota autorizado, reparador Toyota autorizado ou outro profissional igualmente qualificado e equipado para obter mais detalhes antes de efetuar o reboque, uma vez que existem requisitos legais em alguns países.

Limites de peso

Verifique a capacidade de reboque admissível, GVM (Peso Bruto do veículo), MPAC (Capacidade Máxima Permissível no Eixo) e a carga da barra de reboque .

Suporte/engate de reboque

A Toyota recomenda a utilização de um suporte/engate de reboque Toyota no seu veículo. Também podem ser utilizados outros produtos de natureza semelhante e de qualidade comparável.

Ligar as luzes do reboque

Por favor, consulte um concessionário Toyota autorizado, reparador Toyota autorizado ou outro profissional igualmente qualificado e equipado quando instalar as luzes do reboque uma vez que uma instalação incorreta pode danificar as luzes do veículo. Por favor, tenha o cuidado de cumprir com as leis do seu país quando instalar as luzes do reboque.

Pontos importantes relacionados com a carga do atrelado

Peso total do atrelado e carga permissível na barra de reboque

  1. Peso total do atrelado
    O peso do atrelado em si mais a carga do atrelado devem estar dentro da capacidade máxima de reboque.

    Exceder este peso é perigoso.

    Quando rebocar um atrelado, utilize um acoplador de fricção ou um estabilizador de fricção (dispositivo de controlo de oscilação).

  2. Carga permissível na barra de reboque
    Distribua a carga do atrelado de modo a que a carga na barra de reboque seja superior a 25 kg ou 4% da capacidade de reboque. A carga na barra de reboque não deve exceder o peso indicado.

Antes de conduzir

Etiqueta de informação (etiqueta do fabricante)

Tipo A

Antes de conduzir

Tipo B

Antes de conduzir

  1. Peso bruto do veículo
    O peso combinado do condutor, passageiros, bagagem, engate do reboque, peso total da tara e carga na barra de reboque não pode exceder o peso bruto do veículo em mais de 100 kg. Exceder este peso é perigoso.
  2. Capacidade máxima permissível no eixo traseiro
    O peso suportado pelo eixo traseiro não deve exceder a capacidade máxima permissível no eixo traseiro em 15% ou mais. Exceder este peso é perigoso.

    Os valores da capacidade de reboque foram obtidos em testes efetuados ao nível do mar. Tome atenção que a potência do motor e a capacidade de reboque são reduzidas em altitudes elevadas.

AVISO

Quando o limite do peso bruto do veículo ou a capacidade máxima admissível no eixo é excedida O incumprimento destas precauções pode levar a um acidente que pode resultar em morte ou ferimentos graves.

  • Adicione mais 20.0 kPa (0.2 kgf/cm2 ou bar, 3 psi) ao valor da pressão de enchimento dos pneus recomendada.
  • Não exceda o limite de velocidade estabelecida para o reboque de um atrelado em áreas urbanas ou 100 km/h, o que for inferior.

Posições de instalação do suporte/engate de reboque

Antes de conduzir

Antes de conduzir

  1. 546 mm
  2. 550 mm
  3. 551 mm
  4. 583 mm
  5. 602 mm
  6. 609 mm
  7. 713 mm
  8. 765 mm
  9. 1102 mm
  10. 850 mm
  11. 675 mm
  12. 642 mm
  13. 581 mm
  14. 528 mm
  15. 514mm
  16. 466 mm
  17. 445 mm
  18. 333 mm
  19. 328 mm
  20. 107 mm
  21. 105 mm
  22. 101 mm
  23. 79 mm
  24. 74 mm
  25. 61 mm
  26. 34 mm
  1. 74 mm
  2. 409 mm*

*: 4 pessoas dentro do veículo

Informação sobre os pneus

Esquema de rodagem A Toyota recomenda que os veículos equipados com componentes motrizes novos não devem ser usados para rebocar atrelados durante os primeiros 800 km.

Verificações de segurança antes do reboque

Manutenção

Se o atrelado oscilar (se equipado) Um ou mais fatores (ventos cruzados, veículos a passar, estradas de piso irregular, etc.) podem afetar de forma adversa a manobrabilidade do seu veículo e atrelado, causando instabilidade.

Se não realizar uma correção extrema com o volante da direção ou os travões, o seu veículo e atrelado deverão estabilizar. (se ativado, o controlo de oscilação do atrelado, poderá também auxiliar a estabilizar o veículo e o atrelado).

Se não conseguir encontrar nenhum problema, a velocidade a que ocorreu a oscilação do atrelado está para além do limite para o funcionamento combinado do seu veículo com o atrelado. Conduza a uma velocidade inferior por forma a prevenir a instabilidade. Lembre-se que a oscilação do veículo e atrelado aumenta à medida que a velocidade aumenta.

ATENÇÃO

Quando o para-choques traseiro é reforçado a alumínio Assegure-se que a peça de suporte em aço não entra em contacto direto com a área acima mencionada.

Sempre que o aço e o alumínio entram em contacto, dá-se uma reação similar a corrosão, o que contribui para o enfraquecimento da área em questão e que, em última análise, resultará em danos. Aplique um inibidor de ferrugem nas peças que entram em contacto, ao fixar o suporte de aço.

Orientações

O manuseamento do veículo torna-se diferente quando reboca um atrelado. De forma a evitar um acidente, morte ou ferimentos graves, tenha em atenção o seguinte quando rebocar:

Verificação das ligações entre o atrelado e as luzes Pare o veículo e verifique o funcionamento da ligação entre o atrelado e as luzes após ter conduzido por um breve período, bem como antes de arrancar.

Praticar a condução com um reboque acoplado

Aumento da distância entre veículos A uma velocidade de 10 km/h, a distância para o veículo a circular à sua frente deve ser igual ou maior que o comprimento total do veículo e do atrelado. Evite travagens bruscas que podem causar derrapagem.

Caso contrário pode perder o controlo do veículo. Isto é especialmente importante quando conduz em estradas molhadas ou escorregadias.

Acelerações súbitas/movimentação do volante/curvas A execução de curvas fechadas com um atrelado pode resultar em colisão entre o atrelado e o seu veículo. Desacelere com antecedência ao aproximar-se das curvas e faça-as devagar e com cuidado para evitar travagens bruscas.

Pontos importantes relacionados com curvas As rodas do atrelado ficarão mais perto do interior da curva do que as rodas do veículo. Para compensar este facto faça as curvas mais amplas do que normalmente.

Pontos importantes relacionados com estabilidade O movimento do veículo, resultante de estradas de piso irregular e ventos fortes, afetam o seu manuseamento. O veículo pode também ser abalado pela passagem de autocarros ou grandes camiões. Verifique frequentemente a parte traseira quando se desloca ao lado de tais veículos. Se se verificar alguma oscilação, comece imediatamente a desacelerar suavemente aplicando lentamente os travões. Mantenha sempre o veículo direito em frente enquanto trava.

Ao efetuar ultrapassagens Tenha sempre em consideração o comprimento do seu veículo e do atrelado e assegure-se que a distância entre veículos é suficiente antes de efetuar mudanças de faixa.

Informação sobre a caixa de velocidades

Veículos com caixa de velocidades automática (com modo S)

Para manter a eficiência da travagem com o motor, quando utilizar a travagem com o motor, não utilize a caixa de velocidades em D.

Se estiver no modo S, a posição de engrenamento deve ser 4 ou inferior.

Veículos com caixa de velocidades automática (com modo M)

Para manter a eficiência da travagem com o motor, quando utilizar a travagem com o motor, não utilize a caixa de velocidades em D.

Se estiver no modo M, a posição de engrenamento deve ser 4 ou inferior.

Veículos com caixa de velocidades Multidrive

Para manter a eficiência da travagem com o motor, quando utilizar a travagem com o motor, não utilize a caixa de velocidades em D.

No modo sequencial desportivo de 7 velocidades, a posição de engrenamento deve ser 4 ou inferior.

Veículos com caixa de velocidades manual

Para manter a eficiência da travagem com o motor e a performance do sistema de carga, quando utilizar a travagem com o motor, não utilize a caixa de velocidades em 4.ª ou numa velocidade superior para os motores 2AD-FTV, 2AD-FHV e 2WW nem em 5.ª ou numa velocidade superior para os motores 3ZR-FE e 3ZR-FAE.

Se o motor sobreaquecer Rebocar um atrelado carregado em subidas longas e íngremes com temperaturas excedendo os 30ºC pode resultar no sobreaquecimento do motor. Se o medidor da temperatura do líquido de refrigeração do motor indicar que o motor está em sobreaquecimento, desligue imediatamente o ar condicionado, saia da estrada e pare o veículo num local seguro.

Quando estacionar o veículo Coloque sempre calços debaixo das rodas tanto do veículo como do atrelado. Aplique firmemente o travão de estacionamento e coloque a alavanca de velocidades em P nas caixas de velocidades automáticas e Multidrive e em 1 ou R nas caixas de velocidades manuais.

AVISO

Siga todas as precauções indicadas nesta secção.

Não o fazer pode ser causa de acidente resultando em morte ou ferimentos graves.

Precauções com o reboque Quando rebocar, certifique-se que nenhum dos pesos limites é ultrapassado.

Para evitar acidentes ou ferimentos

  • Veículos com pneu de reserva compacto: Não reboque um atrelado com um pneu de reserva compacto instalado no seu veículo.
  • Veículos com kit de emergência para reparação de um furo: Não reboque um atrelado quando o pneu instalado foi reparado com o kit de emergência para reparação de um furo.
  • Não utilize o controlo da velocidade de cruzeiro ou controlo dinâmico da velocidade de cruzeiro com radar (se equipado) quando rebocar um atrelado.

Velocidade do veículo durante o reboque Cumpra com as velocidades máximas legais para rebocar um atrelado.

Antes de descer inclinações íngremes ou longas Reduza a velocidade e reduza na caixa de velocidades. Contudo, nunca faça reduções súbitas na caixa de velocidades.

Funcionamento do pedal do travão Não mantenha o pedal do travão pressionado com muita frequência ou durante longos períodos de tempo.

Se o fizer pode resultar no sobreaquecimento dos travões ou reduzir os efeitos da travagem.

 

ATENÇÃO

Não una diretamente as luzes do atrelado Unir diretamente as luzes do atrelado pode danificar o sistema elétrico do seu veículo e provocar uma avaria.

Consulte mais informacao:

 Toyota RAV4 - Manual de Instruções > Carga e bagagem

Tome conhecimento das seguintes informações sobre as precauções de arrumação da bagagem, capacidade de carga e peso.

 Toyota RAV4 - Manual de Instruções > Procedimentos de condução

 Toyota RAV4 - Manual de Instruções > Sistemas de apoio à condução

A fim de potenciar a segurança e o desempenho da condução, os seguintes sistemas funcionam automaticamente em resposta a várias situações de condução. Contudo, tenha em mente que estes sistemas são complementares e que não deve confiar demasiadamente nos mesmos, quando operar o veículo.

Manuais