O manual abrange todos os equipamentos (padrao e opcionais) disponiveis para esses modelos

Seat Ateca - Manual de Instruções > Rodas e pneus

Observações gerais

Pneus novos

Os pneus novos não dispõem, de início, da sua máxima capacidade de aderência pelo que nos primeiros 500 km se deve fazer uma "rodagem" adequada, optando por uma velocidade moderada e um estilo de condução cauteloso. Isso irá refletir-se positivamente na longevidade dos pneus.

Devido a caraterísticas de construção diferentes e à estrutura do perfil, a profundidade do perfil dos pneus novos poderá apresentar diferenças - conforme a versão dos pneus e o construtor.

Danos não visíveis

Os danos nos pneus e nas jantes estão frequentemente encobertos. As vibrações fora do normal e as guinagens unilaterais do veículo poderão ser indício de um pneu danificado.

Se suspeitar que uma das rodas está danificada, reduza imediatamente a velocidade.

Verifique os pneus quanto a danos. Se não forem detetados danos exteriores, dirija-se a baixa velocidade e com as necessárias precauções ao serviço de assistência técnica mais próximo e mande inspecionar o veículo.

Pneus sujeitos a rolamento unidirecional

Nos pneus direcionais o flanco está marcado por setas. É importante que seja sempre mantido o sentido da marcha indicado. Assim se garante o aproveitamento otimizado das características do pneu relacionadas com a hidroplanagem, a aderência, os ruídos e o desgaste.

Montagem posterior de acessórios

Os concessionários SEAT estão informados sobre as possibilidades técnicas relacionadas com uma mudança de pneus, jantes e tampões e sua montagem posterior.

Vida útil dos pneus

Rodas
Fig. 224 Localização do autocolante da pressão de ar dos pneus.

Uma pressão correta dos pneus e um estilo de condução moderado prolongam a longevidade dos pneus.

Pressão dos pneus

Os valores da pressão de enchimento indicam-se na etiqueta adesiva situada no montante da porta do condutor Fig. 224.

Uma pressão insuficiente ou uma pressão excessiva reduz substancialmente o tempo de vida dos pneus e reflete-se negativamente no comportamento do veículo. A pressão dos pneus é muito importante, sobretudo quando se circula a altas velocidades.

Em função do veículo, pode adaptar-se a pressão de ar dos pneus para meia carga para aumentar o conforto de condução (pressão de ar de "conforto"). Quando se circula com a pressão de ar de conforto, o consumo de combustível pode aumentar ligeiramente.

A pressão dos pneus tem de ser ajustada à carga momentânea do veículo. Se pretender utilizar o veículo com a carga máxima, terá de aumentar a pressão dos pneus para o valor máximo indicado na etiqueta Fig. 224.

Na verificação da pressão dos pneus não se esqueça de verificar também a roda suplente.

Mantenha sempre a pressão mais alta desta roda suplente prevista para o veículo.

No caso de uma roda de emergência minimizada (125/70 R18), encher a 4,2 bar de pressão segundo indicado na etiqueta de pressão dos pneus Fig. 224.

Modo de condução

A entrada nas curvas a alta velocidade, as acelerações bruscas e as travagens violentas (com os pneus a chiar) aumentam o desgaste dos pneus.

Calibragem das rodas

As rodas de um veículo novo estão calibradas.

Contudo, diversas circunstâncias durante a sua utilização geram desequilíbrios (excentricidade), que se manifestam como vibrações no volante.

Como o desequilíbrio implica também um maior desgaste da direção, da suspensão e dos pneus, deve-se mandar proceder a uma nova calibragem das rodas. Além disso, também depois de montar um pneu novo ou de uma reparação, é conveniente equilibrar a respetiva roda.

Desalinhamento das rodas

O desalinhamento das rodas provoca não só um maior desgaste dos pneus, como reduz também a segurança de condução. No caso de um desgaste anormal dos pneus, deverá, por isso, mandar verificar o alinhamento num concessionário SEAT.

ATENÇÃO

Aviso sobre o impacto ambiental

Uma pressão dos pneus insuficiente faz aumentar o consumo de combustível.

Indicadores de desgaste

Rodas
Fig. 225 Perfil do pneu: indicadores de desgaste.

Os indicadores de desgaste indicam se um pneu apresenta um uso excessivo.

No fundo das estrias existentes nos pneus originais encontram-se uns "indicadores de desgaste" de 1,6 mm de profundidade, ordenados transversalmente em relação ao sentido de rodagem. Estes indicadores de desgaste estão dispostos em -6 ou 8 grupos (conforme a marca), a intervalos regulares, em toda a faixa do piso. A localização dos indicadores de desgaste é assinalada por certas marcas no flanco dos pneus (por exemplo letras "TWI" ou triângulos).

Se o perfil é de 1,6 mm, medido desde o fundo das estrias existentes ao lado dos indicadores de desgaste, terá sido atingido o limite de profundidade mínimo permitido. (Noutros países podem vigorar valores diferentes.)

ATENÇÃO

Os pneus devem ser substituídos, o mais tardar, quando os indicadores de desgaste estiverem gastos. Caso contrário, existe o risco de acidente.

Troca de rodas

Rodas
Fig. 226 Troca de rodas.

Com vista a um desgaste uniforme de todas as rodas recomendamos que se proceda periodicamente a uma troca, de acordo com o esquema Fig. 226. Deste modo os pneus atingem aproximadamente a mesma duração.

Pneus novos ou rodas novas

Os pneus e as jantes são elementos de construção importantes. Os pneus e as jantes homologados pela SEAT são rigorosamente ajustados ao respetivo modelo do veículo, contribuindo, assim, fundamentalmente para a sua estabilidade e para um comportamento seguro.

As medidas das combinações de jantes/pneus a utilizar no seu veículo figuram na documentação do veículo (p. ex. o certificado CE de conformidade ou COC1) ). A documentação do veículo difere de país para país.

Para selecionar um pneu adequado é importante conhecer os dados do mesmo. Nos flancos do pneu encontra-se a seguinte inscrição:

215/60 R16 95V

Esta referência tem o seguinte significado:

Rodas

A data de fabrico está também indicada no flanco do pneu (eventualmente só no lado interior):

DOT ... 2212 ...

significa por ex., que o pneu foi produzido na 22.ª semana do ano 2012.

Observe, no entanto, que mesmo com indicações iguais do tamanho dos pneus, como por exemplo, tamanho nominal 215/60 R 16 95 V, as medidas reais dos vários tipos de pneu diferem destes valores nominais ou podem diferir significativamente os perfis dos pneus.

Se for necessária uma substituição deverá, por isso, certificar-se de que as medidas efetivas dos pneus não excedem as das marcas que foram por nós aprovadas.

Se não respeitar esta regra, há o perigo de se afetar o espaço de manobra construtivamente previsto. Devido ao atrito poderão ocorrer danos nos pneus, em peças do chassi e da carroçaria bem como nas tubagens, comprometendo seriamente a segurança do veículo.

No caso de pneus aprovados pela SEAT existe a certeza de que as suas medidas efetivas se ajustam ao seu veículo. Se quiser utilizar outro tipo de pneus, deve solicitar ao vendedor dos pneus a entrega de uma declaração do fabricante dos pneus, da qual conste, que este tipo de pneus é adequado para a sua viatura.

Guarde essa declaração em lugar seguro.

Em caso de dúvidas sobre quais os pneus adequados para a sua viatura, dirija-se ao seu concessionário SEAT.

Recomendamos-lhe que confie todos os trabalhos a realizar nos pneus e nas jantes a um serviço de assistência técnica. Este dispõe das ferramentas especiais e das peças necessárias, tem pessoal altamente qualificado e preparado para eliminar pneus usados respeitando o ambiente.

ATENÇÃO

Aviso sobre o impacto ambiental

Aviso

1) COC = certificate of conformity.

Parafusos da roda

As jantes e os parafusos das rodas estão construtivamente ajustados entre si. No caso de se optar por outro tipo de jantes p. ex. de liga leve ou jantes com pneus de inverno terão de ser utilizados os respetivos parafusos com o comprimento e a forma da calota adequados.

Deles depende a correta fixação das rodas e o funcionamento do sistema de travagem.

Os parafusos das rodas têm de estar limpos e têm de se conseguir enroscar com facilidade.

Para desapertar os parafusos antirroubo* é necessário um adaptador especial.

Consulte mais informacao:

 Seat Ateca - Manual de Instruções > Rodas

 Seat Ateca - Manual de Instruções > Sistemas de controlo de pneus

Introdução ATENÇÃO Uma utilização inadequada das rodas e dos pneus pode provocar perdas repentinas de pressão nos pneus, o desprendimento da banda de rodagem ou inclusivamente o rebentamento de um pneu. Verifique a pressão de ar dos pneus regularmente e mantenha sempre o valor da pressão de ar indicado. Se a pressão do pneu for demasiado baixa, o pneu poderia aquecer em demasia levando a que a banda de rodagem se soltasse podendo chegar a provocar o rebentamento. Com os pneus a frio, deverá manter-se sempre a pressão indicada no autocolante. Verifique regularmente a pressão de ar com os pneus a frio. Se necessário, ajuste a pressão de ar dos pneus montados no veículo com os pneus a frio. Verifique regularmente se os pneus não apresentam sinais de desgaste ou se não estão danificados. Nunca exceda a velocidade e a carga máxima permitida para o tipo de pneus do seu veículo.

 Škoda Karoq - Manual de Instruções > Configurações do menu Rádio

Configurações para todas as fontes No menu principal Rádio, toque no botão . Som - regulações do som Scan - reprodução automática de curtos pedaços de todas as estações disponíveis da atual faixa de frequência Botões das setas: - definir a função dos botões  Lista memória- mudar entre as emissoras memorizadas nos botões de estação Lista de emissoras - mudar entre todas as emissoras disponíveis na frequência de rádio selecionada Programa de trânsito (TP) - ligar/desligar a receção do programa de trânsito TP Eliminar memória - eliminar os botões de estação Logos das emissoras - gestão manual dos logos das estações Texto do rádio - Ligar/desligar o rádio de texto (FM e DAB) Ajustes avançados - outras definições, que depende da banda de frequência selecionada (FM e DAB)

Manuais