O manual abrange todos os equipamentos (padrao e opcionais) disponiveis para esses modelos

Seat Ateca - Manual de Instruções > Sistemas de assistência à travagem

Controlo eletrónico de estabilidade (ESC)

O ESC contribui para a melhoria da segurança.

Reduz o perigo de despistes e melhora a estabilidade do veículo. O ESC deteta situações limite na dinâmica da condução, tais como sobreviragem e subviragem do veículo ou derrapagem das rodas motrizes. Com intervenções de travagem direcionadas ou a redução do binário do motor, o veículo é estabilizado.

Durante a intervenção do ESC, no painel de instrumentos pisca a luz de controlo .

No ESC estão integrados o sistema antibloqueio (ABS), o assistente de travagem (HBA), a regulação antipatinagem (ASR), o bloqueio eletrónico do diferencial (EDS), a gestão seletiva do binário motriz e o estabilizador do conjunto trator-reboque*. Adicionalmente, o ESC contribui para estabilizar o veículo, modificando o binário de rotação.

Sistema antibloqueio (ABS)

O ABS evita o bloqueamento das rodas ao travar até quase ao momento da imobilização.

Dessa forma o veículo consegue ser conduzido mesmo numa travagem total. Mantenha pressionado o pedal dos travões sem interrupções (não bombear). O processo de regulação faz-se notar pelo pulsar do pedal dos travões.

Assistente de travagem (HBA)

O assistente de travagem pode reduzir a distância de travagem. Este dispositivo aumenta a força que o condutor exerce sobre o pedal do travão quando o pressiona rapidamente em situações de emergência. Ao fazê-lo. o pedal do travão deve manter-se pressionado até a situação de perigo passar.

Regulação antipatinagem (ASR)

O ASR reduz a força de tração do motor em caso de rodas a patinar e adapta a força às condições da estrada. Dessa forma é facilitado o arranque, a aceleração e a circulação em subidas.

Bloqueio eletrónico do diferencial (EDS)

O EDS trava uma roda a patinar e transfere a força de tração para a outra roda de tração.

Essa função está disponível até uma velocidade de aproximadamente 100 km/h (62 mph).

A fim de que o disco do travão da roda desacelerada não aqueça excessivamente, o EDS desliga-se automaticamente no caso de uma grande solicitação. O veículo continua capaz de funcionar. O EDS volta a ligar-se automaticamente quando o travão tiver arrefecido.

Estabilização do conjunto trator-reboque*

Se conduzir o veículo com reboque, aplica-se o seguinte: o conjunto trator-reboque tende, geralmente, a oscilar. Quando o reboque transfere as suas oscilações para o veículo e o ESC as deteta, atua automaticamente travando o veículo trator dentro dos limites do sistema e estabilizando o conjunto. A estabilização do conjunto trator-reboque não está disponível em todos os países.

Gestão eletrónica do binário motriz (XDS)

Na altura de fazer uma curva, o mecanismo diferencial do eixo motriz permite que a roda exterior gire a maior velocidade que a interior.

Desta forma, a roda que gira a maior velocidade (exterior) recebe menos binário motriz que a interior. Isto pode provocar que em determinadas situações, o binário aplicado à roda interior seja excessivo, provocando a sua derrapagem. Ao contrário, a roda exterior recebe menos binário motriz do que poderia transmitir. Este efeito provoca uma perda global de aderência lateral no eixo dianteiro, que se traduz numa subviragem ou "alargamento " da trajetória.

O sistema XDS consegue, através dos sensores e sinais do ESC, detetar e corrigir este efeito.

O XDS, através do ESC travará a roda interior para compensar o excesso de binário motriz nessa roda. Isto permitirá que a trajetória solicitada pelo condutor se realize com maior precisão.

O sistema XDS funciona em combinação com o ESC e permanece sempre ativo, mesmo que o controlo de tração ASR se encontre desligado.

Travão multicolisão

O travão multicolisão pode ajudar o condutor em caso de acidente, intervindo com uma travagem que evite o risco de derrapagem durante o acidente, o que poderia causar outras colisões.

O travão multicolisão funciona em caso de acidente frontal, lateral e posterior, quando o controlador da unidade de airbags constata o nível de ativação, e o acidente se produz a uma velocidade superior a 10 km/h (6 mph).

O ESC trava automaticamente o veículo, desde que no acidente o ESC, a instalação hidráulica de travão e a rede a bordo não se tenham danificado.

Durante o acidente, as seguintes ações controlam a travagem automática:

ATENÇÃO

Aviso

Consulte mais informacao:

 Seat Ateca - Manual de Instruções > Informação acerca dos travões

Pastilhas dos travões novas Durante os primeiros 400 km, as pastilhas dos travões novas não permitem ainda a sua máxima capacidade de travagem, tendo de "acamar" primeiro. Para compensar a força de travagem um tanto reduzida, ter-se-á de pisar o pedal do travão com mais força. Evite sobrecarregar os travões durante o tempo de rodagem.

 Seat Ateca - Manual de Instruções > Ligar/desligar o ESC e ASR

O ESC liga-se automaticamente quando o motor arranca e só funciona com o motor em funcionamento e inclui os sistemas ABS, EDS e ASR. A função ASR só deverá ser desligada em situações nas quais não se consiga tração suficiente, entre outras: Ao circular por neve profunda ou terreno pouco firme. Para "libertar" o veículo se ficar preso.

 Volkswagen Tiguan - Manual de Instruções (2016) > Indicador do nível de combustível

Fig. 54 No instrumento combinado: indicador do nível de combustível para gasolina e óleo diesel. Indicador de nível do combustível Acesa Causa possível / recurso Tanque de combustível quase vazio.

Manuais